PRS Caatinga e parceiros organizam Programa de Capacitação em TecABC

prscaatinga | 16 de dezembro de 2020

A iniciativa reúne diversas instituições da região semiárida para promover ensino e pesquisa sobre as TecABC

O Projeto Rural Sustentável Caatinga participou nesta terça feira, 1o de dezembro, do primeiro dia do 7o Seminário Internacional de Convivência com o Semiárido, realizado pelo Centro Xingó. Anualmente, o seminário promove a formação de pessoas, o aperfeiçoamento de conhecimentos e competências para uma atuação em prol da convivência com o semiárido brasileiro, além de  fomentar a troca de experiências e debater novas formas de interação com as comunidades locais.

A equipe do PRS Caatinga se reuniu terça-feira, dia 15, com professores, pesquisadores e coordenadores de curso da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e profissionais vinculados a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piaui (Emater/PI) e Fundação Araripe para iniciar a organização de um Programa de Capacitação em Tecnologias de Agricultura de Baixo Carbono (TecABC) na Caatinga.

Esta iniciativa pretende, a partir da socialização dos resultados dos dez estudos realizados pelo Projeto, promover o ensino e a pesquisa sobre TecABC, levando em conta as características e peculiaridades da região semiárida brasileira. Além disso, fomenta a sua adoção no campo a partir da capacitação de 125 profissionais de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) e outros 250 indivíduos em perfis diversos como produtores rurais, lideranças locais, associados e funcionários de organizações produtivas, funcionários públicos, agentes de crédito, práticos, experimentadores, entre outros.

A perspectiva é que esta experiência seja incorporada em atividades regulares da Univasf através de ementas, cursos e seminários.

 

A Univasf

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) é uma instituição de ensino superior pública, criada em 2004, com a missão de levar o ensino público superior de qualidade ao Semiárido. Atua em âmbito interestadual com sua sede em Petrolina e seis campi nas cidades de Juazeiro (BA), Petrolina (PE), São Raimundo Nonato (PI), Senhor do Bonfim (BA), Paulo Afonso (BA) e Salgueiro (PE), oferecendo 35 cursos de graduação (30 presenciais e 5 na modalidade de Educação a Distância – EAD), 17 cursos de mestrado, 4 doutorados e 14 especializações (sendo 11 EAD).