Reunião on-line apresenta oportunidade para o fortalecimento de Arranjos Produtivos Locais na Caatinga

prscaatinga | 21 de fevereiro de 2021

Projeto apoiará iniciativas na adoção de tecnologias agrícolas de baixa emissão de carbono em 5 microrregiões 

O PRS Caatinga realizou no dia 19 de fevereiro uma reunião virtual de apresentação e esclarecimentos sobre a chamada para manifestação de interesse de projetos para fortalecimento de Arranjos Produtivos Locais (APLs) através da adoção de tecnologias agrícolas de baixa emissão de carbono (TecABC) nos municípios prioritários para o Projeto.

O encontro contou com a participação de 62 representantes de entidades que receberam uma carta convite. Elas foram pré-selecionadas a partir dos estudos realizados pelo Projeto ao longo de 2020, cujos resultados foram sistematizados na coletânea “Cadernos PRS Caatinga” e estão disponíveis no site. As organizações foram ainda referendadas pelo Comitê Técnico Territorial (CTT) do Projeto.

Além de informações sobre o processo seletivo, o encontro contou com uma breve introdução sobre a agricultura de baixo carbono e TecABCs mais promissoras para a Caatinga. Ao final, foi apresentado um quadro esquemático que relaciona o diagnóstico socioprodutivo de cada uma das cinco microrregiões – Alto Médio Canindé (PI), Araripina (PE), Batalha (AL), Euclides da Cunha (BA), Sergipana do Sertão do São Francisco (SE) -, suas cadeias produtivas e as tecnologias de baixa emissão mais recomendadas. Estas informações foram encaminhadas para as organizações e auxiliarão no desenvolvimento de propostas mais alinhadas às estratégias de mitigação da emissão de gases de efeito estufa e adaptação às mudanças climáticas.

 

Próximos passos

Após o envio das informações iniciais pelas instituições, as propostas serão avaliadas por um Grupo de Trabalho que irá indicar aquelas com maior potencial para contribuir no alcance das metas do Projeto. As propostas iniciais contarão com o apoio do PRS Caatinga para desenvolver um plano de trabalho detalhado. As iniciativas selecionadas contarão com assistência técnica especializada, qualificada pelo Programa de Capacitação em TecABC na Caatinga, realizada em parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), e investimentos para acesso a bens de uso coletivo.